Organização espacial das redes de transportes e comunicações na América do Sul: uma análise baseada nas revoluções logísticas

  • Vitor Hélio Pereira de Souza
  • Márcio Rogério Silveira
Palabras clave: Sudamérica, Redes de transporte, organización espacial, revoluciones logísticas

Resumen

Na América do Sul persiste um padrão de inserção periférica ao mercado mundial. É evidente que isso não ocorre somente nas transações econômicas, mas também acontece como estrutura de um padrão de ocupação do território que formou importantes redes técnicas de transportes e comunicação. Tais redes percorrem as fachadas atlânticas e litorâneas, bem como os corredores de exportação entre o interior, produtor de matérias-primas, e os portos-empórios, no litoral (sejam voltados para o Atlântico ou para o Pacífico). Nesse contexto, o artigo objetiva analisar a evolução e organização das redes técnicas de transportes e comunicações da América do Sul, por meio da estrutura, do processo, da função e das formas permeadas no território por meio da metodização das revoluções logísticas.
Publicado
2019-10-01
Cómo citar
Pereira de Souza, V. H., & Silveira, M. R. (2019). Organização espacial das redes de transportes e comunicações na América do Sul: uma análise baseada nas revoluções logísticas. Revista Transporte Y Territorio, (21), 118-139. https://doi.org/10.34096/rtt.i21.7149